EXTRAS

Segundo o Aurélio: "perturbado . [Part. de perturbar.] Adj. 1. Que sofreu perturbação. 2. Desnorteado, alucinado, desvairado." Em outras palavras, esse blog é tudo aquilo que queremos gritar pra o mundo e algum dia o faremos!!! Não importa como você se qualifique: problemático, louco, neurótico... Aqui você se identifica!

Contato


Outros blogs e sites:


PERTURBADOS no Orkut

Blog do Helinho
Eeepa!!!
Fotolog da Momo
Interney
Isto é um blog? (Quel)
Jack não tá fazendo nada...
Jornal do Blogueiro
Karol Karente
Mãe 24H (Glau)
Mais um Blog, o meu!
O Mundo da Mundana que vos escreve
Olivia Palitu (Sheila)
Ramses sec XXI (DO)
Só fuleiragem!
Teacher Rafael

Mais perturbados da net:

Anti Coca-Cola
Blog do Feio
Diário de um Lunático
Hálito de Virgem - Jac

HOME

Arquivo Perturbado



Powered by Blogger

online





COLUNAS
Sábado, Fevereiro 21, 2004



ECA! MELECA!


Depois do Wil e do Helinho, peguei uma gripe ferrada nessa última semana. Na quarta-feira cheguei a ter febre e ficar de cama. No dia anterior, durante um jogo de canastra, uma conversa interessante veio à tona. Meu nariz já escorria muito e, como o do Helinho também, ele teve a brilhante idéia de trazer um lixo e um rolo de papel higiênico para que não precisássemos sair o tempo inteiro para o banheiro.

Rosália: Eca!
Wil: Eu não consigo assoar o nariz assim com papel, só com água mesmo.
Helinho: Ixi, eu não tô nem aí...
Eu: É... eu acho melhor não.

O resultado foi que de 10 em 10 minutos eu ia ao banheiro enquanto o Helinho se divertia com o papel higiênico. Isso me lembrou quando estudava nos EUA, há 10 anos atrás, e uma garota que sempre sentava do meu lado parecia que era viciada em assoar o nariz num lenço gosmento fazendo o maior escândalo. Ô branquela nojenta!

O melhor disso tudo foi ter um assunto para a coluna PERTURBAÇÕES DA VIDA. Afinal, como o Helinho chegou a perguntar, quem é que não tem meleca? E é isso mesmo. Não há quem não limpe o salão vez ou outra, mesmo que escondido de todos. Chega até a ser prazeroso, quando estamos sozinhos e podemos enfiar o dedão lá dentro...

Resolvi pesquisar sobre o assunto na net e achei algumas coisas no mínimo interessantes... confira alguns exemplos:

Cúmulo:
Da coincidência: colocar uma meleca embaixo de uma mesa e encontrar outra no lugar.

Definição:
A meleca é uma secreção que serve para a proteção da mucosa nasal. É basicamente formada de água e sais minerais. Eu disse ÁGUA E SAIS MINERAIS!!! Sabem o que isso significa? Que ela é um GATORADE natural, um desses suquinhos que se bebe após uma corrida ou uma partida de futebol.

Obsessão:
Algumas pessoas, inexplicavelmente, desenvolvem o hábito de brincar com a substância supra-citada. Nossos cientistas chegaram à conclusão de que a caca de nariz cria uma relação psicológia muito forte com o seu criador e manuseador. Tal relação acaba gerando no usuário um costume que se não for controlado, certamente atingirá o nível de vício e dependência. Assim, o viciado apenas se acalmaria enquanto manuseia a caca. O único problema é que a nossa sociedade ainda traz consigo certos tabus, o que acaba gerando um trauma irreversível aos viciados. Em alguns casos, o vício pode tornar-se de tal maneira forte, que o viciado perde a noção da realidade e passa a se tornar um inveterado comsumidor de caca.

Classificações:
Toda meleca retirada das fossas nasais, popularmente chamado de nariz, nasal, naritana entre tantos outros, tem sua classificação por tabela periódica, conforme descreveremos a seguir:
1. Firúla: meleca retirada do nariz, indelevelmente dura, difícil de modelar. Muito seca, às vezes áspera, muita técnica é necessária para extração da firúla de dentro do nariz. Normalmente quando cai no chão produz um ruído audível. Pode ser pequena ou de volume avantajado, possui inúmeras formas, sendo as mais conhecidas, tatu, estrela, meia-lua, régua, donuts, fritas, waffers.

Inconveniências:
A pior coisa que pode acontecer a alguém é espirrar e expelir uma meleca do tipo semi-líquida. Principalmente se você espirrar e não souber para onde foi a caca!!! É um desespero. Você olha de um lado a outro e não vê nada. Examina sua roupa, a camisa, a calça, o chão à sua volta e nem sinal do catarro. Você sabe que está ali, em algum lugar, mas não consegue achá-la. E de repente lhe bate uma sensação de que ela pode aparecer a qualquer momento, escorrendo assustadora no paletó de seu chefe, no prato do seu melhor amigo ou no cabelo de sua namorada. É um crime inafiançável!!!

É claro que eu poderia continuar, mas essa coluna ficaria grande demais. Vou ficando por aqui esperando que você, leitor, contribua nos comentários com suas experiências nojentas para que essa valiosa ferramenta que é a internet seja cada dia mais útil. Beijos nos pneus.



P.S.1 Ninguém está conseguindo acessar o blog domaneiro hoje. Eles devem ter encerrado a votação e NÓS ESTÁVAMOS NA FRENTE!!!
P.S. 2 Caso os textos tenham lhe interessado, faça uma pesquisa no google ou nos escreva pedindo as fontes.
P.S. 3 Amanhã é aniversário da Lú (Magra Emergente). Feliz aniversário pela 18a vez (de coração).


Perturbado: RAFAEL PARENTE, sem nada melhor pra fazer às 6:10 PM
Mais Perturbação:


Sexta-feira, Fevereiro 20, 2004


E nossa Personalidade Perturbada é:


Como uma Deusaaa, você me mantém...


É inevitável. Não há como dissociar os primeiros versos da música "O Amor e o Poder" de Rosana, sua intérprete. Mas o que me motivou realmente a escrever sobre essa personalidade perturbada foi o fato de, sem querer, ter ido parar em seu site oficial e me deparar com a foto aí de cima. Bom, vamos começar!

Sete motivos que provam que Rosana é perturbada:


1. Essa foto aí de cima, o que é isso? Se eu não estivesse no site da própria, eu diria que era de um travesti albino.

2. Ainda sobre a foto, ela explica que foi tirada no programa do RATINHO e que ela pegou tudo do site dele. Não perca mais tempo e entre logo no site da deusa clicando AQUI!

3. Ela inventou de colocar um sobrenome artístico. Agora Rosana não é mais simplesmente Rosana, e sim Rosana Fiengo!

4. Seu primeiro disco se chama "Coração Selvagem", e só saiu porque a rede globo colocou a música "Nem Um Toque", seu primeiro sucesso, na trilha da novela "Roda de Fogo". Nesse disco está ainda "O Amor e o Poder". Quer relembrar as letras de todas as músicas de Rosana? Então clica AQUI!

5. Eu e uma boa parte dos perturbados tivemos o IMENSO prazer de ir à um show da Rosana em 2003. Foi numa boite aqui em Brasília e é claro que eu fiquei na beira do palco para não perder nem um detalhe da superprodução... mas me assustei com o rosto da cantora, dava pra ver as perfurações das agulhas de botox em toda sua extensão facial.

6. É claro que ela cantou em playback. Mas o pior foi quando soltaram a música "Its raining man". Ela simplesmente não sabia a letra e tenho certeza que também não fala inglês. Ela colocava o microfone pra platéia e vez em quando falava assim: "Vocês estão cantando pra mim! Ai, que emoção! Isso, cantem para mim!"

7. Eu queria falar sobre a roupa da dita-cuja, mas não tenho conhecimentos de indumentária suficientes para descrever seu figurino. Deixa pra lá. Vou falar então do João, meu amigo perturbado que estava do meu lado durante o show. A cada intervalo de música ele gritava MUITO ALTO alguma barbaridade pra coitada da Rosana. A pior de todas foi essa: "Rosana, deixa eu te chupar!". Ela escutou. Um tempo depois, num momento em que ela chama algumas pessoas da platéia para o palco, só faltamos chorar pra ver se ela nos escolhia. Mas ela olhou para o João e disse: "Você não, você é perigoso!".

Aí está. Um pouco de uma personalidade que de tão perturbada, contribuiu para perturbar nossas vidas. No final do ano passado Rosana lançou um cd com uma versão REMIX de "O Amor e o Poder". Quem quiser me fazer um agrado, já sabe o que comprar, não é? Abraços a todos e sugestões de personalidades perturbadas nos comentários!

Perturbado: HÉLIO SALES, sem nada melhor pra fazer às 11:32 AM
Mais Perturbação:


Quarta-feira, Fevereiro 18, 2004


Fatos e experiências divertidas em lugares inusitados.


Olá a todos!!! Bem, primeiramente quero me apresentar aos que não me conhecem. Sou Mo... bem deixa Mô mesmo, é mais fácil. Estarei escrevendo aqui no nosso querido blog a sessão que se chama Experimenta!, comentando e contando histórias de viagens e, claro, dando dicas perturbadas do que fazer em viagens. Espero que gostem e se divirtam!

Bem, como este é meu primeiro texto, creio que será um tanto quanto sentimental, porque a primeira vez só dá com amor. E quem não gostar, por favor, faça um esforço e leia até o fim por consideração ao meu esforço de estar escrevendo esse texto dentro de um ônibus onde ficarei 24h (para quem não sabe, estou na Argentina, indo de Salta para Buenos Aires).

Então vamos METER bronca.

Viagem - tem que ser estáile... Viajar é antes de mais nada uma questão de gosto. Aliás, de bom gosto, ou melhor muito bom gosto. Em primeiro lugar, quando se resolve pôr uma mochila nas costas e sair por aí enfrentando novos caminhos, é preciso estar aberto a novas experiências (sugestivo, não?). Tudo, exatamente tudo o que acontecer tem que ser levado na esportiva, se não quem se f... é você. Comigo, por exemplo, já aconteceram coisas demasiado loucas, como na primeira vez que fui à Bolívia - o eixo do ônibus caía de 5 em 5 km e o motorista o prendia com uma "corda" de borracha ( já imaginou prender um eixo de ônibus com uma "corda" de borracha?). Ou como na última vez que pegamos um ônibus (imagino que o mesmo da primeira, mas um pouco consertado) em que tive que fazer uma experiência (frustrada, é claro) de, em pleno desespero, mijar pela janela do ônibus em movimento. Ou passar dias dormindo molhada e fedendo por estar em um lugar onde chove, mas não tem chuveiro. Ou ficar horas em uma estrada pedindo carona e ninguém pára - e pior, depois de muito tempo descobrir que está pedindo carona e ninguém pára na estrada errada. Ou viajar em pé com um monte de gente te apertando, ou sentada com um monte de gente em pé e uma criança agarrada na sua perna. E assim por diante... Nao importa a situação, seja paciente e desfrute do novo. Na verdade, nada disso me afeta e sim me diverte. Será que sou perturbada?

É preciso ser humilde. Tanto para dar como para receber (interessante...). Porque muitas vezes você precisará de ajuda e também terá que ajudar. Alguns exemplos: há momentos em que não sabemos pra onde ir, o que fazer, como chegar e sempre terá um mochileiro que ou vai te ajudar e dar um novo "sentido" na sua vida, ou estará perdido também, e assim será solidário te fazendo companhia. Às vezes, a situacao é mais grave e não temos grana nem pra comer, e já estamos fartos de pão com pão, sempre terá alguém que te oferece um resto de macarrão ou "mexido". Se isso acontece, você tem que aceitar porque a gente nunca sabe quando teremos outra oportunidade de ver comida pela frente. Quanto à bebida, não se preocupe. Sempre tem um bêbado que não quer beber sozinho e divide tudo com a gente. O que não faz a solidão, heim?

Falando em solidão, se aproveite de quem está só. Sempre se consegue coisas boas desses seres carentes. Porém, não se iluda - você também acaba estando só em algum momento e também aproveitarão desse seu estado "frágil". Na verdade tudo é uma troca. Não se sinta mal por aproveitar-se. Até porque o mais valioso que se consegue nessa troca são novos amigos. E esses novos amigos são quase sempre, como diz meu irmão, melhores amigos pra sempre: HOJE! Porque como estamos fragilizados, contamos tudo de nossa vida e nossas experiências, e vice-versa. Mas vale a pena, se aprende bastante.

E a diversão? Quanto à festa, fiquem tranquilos. Pode ter certeza que onde há seres humanos, há festas. É festa em alojamento (porque mochileiro não fica em hotel, fica em alojamento com banheiro compartilhado), festa no rio, festa na trilha, festa no ônibus, festa no bar da esquina. Bem, festa não falta porque sempre alguém está comemorando algo... é aniversário, dia de santo, dia de chuva, dia de sol, dia de nada pra fazer (essas são muitas), dia de chegada de fulano, etc...
E claro, festa de despedida, porque sempre alguém está indo... E desperdir-se, como dói! Viajar é sempre uma despedida. É despedir-se da familia, de amigos, de lugares, de coisas, de cheiros, sons, gostos, sensações, e claro, de amores... E como dói! Dói pela incerteza de não poder se ter de novo, ou ver, ou tocar, ou estar... Dói porque ser-humano é bicho que se apega e nao quer "largar". Mas é uma dor "boa" quando se percebe que não se perdeu, mas sim ganhou. Ganhou novas experiências e quem soube aproveitar bem a viagem volta transformado e com certeza em uma pessoa melhor!

Então vamos viajar, gente!!! Vamos perturbar o mundo!!! Há muito o que conhecer por aí!!!

Bem até o próximo Experimenta! com histórias perturbadas e dicas de como perturbar o mundo!!!

Autora da coluna: Mô-linda!

PS1: Estamos quase conquistando uma virada fantástica e histórica no DoFuleiro (putz, errei de novo). Não percam!
PS2: A Jac (mais perturbada) colocou o nosso selo em seu blog. Não deixem de conferir os novos textos da mais nova perturbada.

Perturbado: HÉLIO SALES, sem nada melhor pra fazer às 10:06 PM
Mais Perturbação:


Terça-feira, Fevereiro 17, 2004


RÔI, AGORA E SEMPRE, A NOSSA MUSA

Com A escrevo AMOR
Com P escrevo PAIXÃO
Com R escrevo RÔI LINDA
MUSA DA PERTURBAÇÃO!

Com F, FELIZ ANIVERSÁRIO
Com J, JOKERS PRA CANASTRA
Com F (de novo), a FELICIDADE
QUE COM VOCÊ SÓ SE ALASTRA!


Não, agora é sério (aliás, mais sério ainda). Rôi, eu e o Helinho estamos aqui espremendo o âmago dos nossos seres (putz...) pra ver se conseguimos descrever o quanto a gente te quer bem. Eu acho que algumas coisas na vida perdem o sentido quando tentamos descrever com palavras. Então deixa assim, sem descrição. O que acontece entre nós é só nosso. E por mais que amanhã tudo mude, alguém vá pro Japão ou descubra a fortuna do cachorro do seu tio-avô que morreu e não tem herdeiros ou coisa parecida, tudo o que vivemos até hoje está guardado e é nosso. É o que vale de verdade. Mais do que ganhar na mega-sena. Mais do que ser chamado para o BBB5. Mais do que qualquer coisa que possa ser descrita aqui no NOSSO BLOG. O que temos é nosso e o que te desejamos só você sabe. Você é linda assim do jeitinho que você é. Sem por nem tirar. Nem mais nem menos. Forte ou fraca. Ganhando ou perdendo na canastra. Num bar ou num boteco. Parabéns.

Perturbado: RAFAEL PARENTE, sem nada melhor pra fazer às 10:07 PM
Mais Perturbação:


Segunda-feira, Fevereiro 16, 2004



Bom, vou começar dizendo que eu perdi a paciência (e nem vou procurar - dãããã) e não vou pedir mais pra ninguém ficar classificando porcaria nenhuma, tá?!

Agora, mais tranqüilo depois do desabafo, estou pronto pra anunciar que o BLOG MAIS PERTURBADO dessa semana é o
Hálito de Virgem.

Podem passar lá que vocês vão se "esbagaçar" de rir. A autora se chama Jac (ou não), e apesar do título do blog ela é casada - mas é muito moderna. Os textos são bem escritos, não há muitas figuras e o template é bem legal. E por que é então que o blog dela é um dos mais perturbados da net? Uma simples razão: ela não bate bem da bola e faz questão de deixar isso bem claro. Se amarrei muuuuuito! E quem não gostar, vai sei lá o que. - tentei pensar em alguma coisa criativa pra colocar aqui, mas eu tô cansado pra dedel.

Vamos então dar uma averiguada em seu último post (olha só que piração):

Eu acabei de assistir O homem que copiava. Alugo seis filmes quase toda sexta-feira, pra entregar na terça. Toda quarta vou ao cinema, que é mais barato e me ocupa o tempo. Perguntaram se eu gosto de cinema e eu disse que não. "-Ora, como não se já li que você assiste pra se distrair?" Pois é, não tenho nada pra fazer nos finais de semana, então assisto filmes. Se eu tivesse algo melhor pra fazer, eu não assistiria. "-Nenhum?" Não, nenhum, só os pornô mesmo, mas esse eu não alugo, eu pego na internet*.
Se eu gostei do O homem que copiava?? Gostei sim, bastante, mas se eu não tivesse assistido não teria morrido. Acontece que a locadora é pequena e eu vou pegando o que tem. Os desse final de semana foram: Italiano para principiantes(Dinamarquês),Damas de ferro(Tailandês),O homem que copiava(Adivinhem de onde é?),Procurando Nemo, Jackie Chan - O mestre invencível e No balanço do amor. Gostei de todos, na hora e cinco minutos depois que eu assisti. Agora me pergunte se eu lembro a história de uns três deles? Lembro nada. Nem faço questão, sexta-feira alugo outros e pronto, até acabar com os filmes que têm na locadorazinha.
O que? Ser sócia da Blockbuster? 6 reais o lançamento? Filmes não valem tanto.

*Internet. Uma das melhores invenções. Utilizada para pesquisas, bater papo, copiar filme pornô, eme pê três e formar clãs. Mas eme pê três eu não copio, porque música consegue ser mais chato que cinema.


Se amarraram? Não? Então indica outro, pow (nos comentários aí, ó).

P.S. Acabei de sacar o lance do título: é daquela música do Skank, se lembram? Eu me amarro. Mais um ponto pra Jac. Ah, e não se esqueçam da votação do DoFuleiro (ops, é DoManeiro)... Vai lá votar que a gente ainda tá beeeem atrás do primeiro (apesar de sermos beeeem melhores).

Perturbado: RAFAEL PARENTE, sem nada melhor pra fazer às 9:23 PM
Mais Perturbação:


Domingo, Fevereiro 15, 2004


Flertes, amor, sexo, cantadas, traição e experiências pessoais.
O conteúdo dessa coluna pode não ser apropriado pra sua idade, viu! Pergunta pra sua mãe primeiro.


E por que escrever uma coluna como essa? Talvez porque seja a única coisa que eu saiba fazer, ou pelo menos tento aprender como se faz... E é uma coisa do ser humano, querendo ou não, este um dia vai descobrir que tem desejos e vontades incontroláveis, então, nada mais normal do que falar de uma coisa tão natural e intrínseca que é o sexo...
Bem, iniciemos pelo grande problema da humanidade que é... o hímen, claro! Uma pelinha que não serve de nada, (se alguém sabe da utilidade, por favor, escreva-me) mas que uns são doidos para rasgar e outros tentam conservá-lo ao máximo com unhas e dentes, calcinhas, conventos...
Há vários tipos de hímen! Complacente elástico, trilabiado, bilado, estrelado, espiralado, anular, cartilaginoso e podem até ter impregnação óssea. E este não tem personalidade idêntica à da mulher que o possui, ao contrário, quanto mais fogosa for a pessoa, mais frígido será o seu hímen.
Uns saem com tanta facilidade, que põem as suas donas em constrangimento, levando os seus parceiros a questionarem sobre sua virgindade. Já outros não se retiram do local, nem com um pinto-britadeira. É quando os gemidos de prazer são substituídos por gritos de dor e lágrimas, muitas lágrimas. Este último requer ajuda médica...
Agora imaginem...Uma menina de 14 ou 15 (idade sexual atual), que precisa de uma micro-cirurgia para retirar este convidado indesejado, chega pra mãe católica-apostólica-batista e diz:
- Mãe, eu preciso que você autorize a minha micro-cirurgia de retirada do meu hímen complacente.
Agora imagina se a mãe perguntar:
- Pra quê?
Pois é, são hímens complacentes, displicentes, indecentes, atraentes, intransigentes, envolventes... que põe as pequenas virgens em seu primeiro grande constrangimento sexual.

Autora da coluna: The Little Sexy

Perturbado: RAFAEL PARENTE, sem nada melhor pra fazer às 11:07 PM
Mais Perturbação:



GALERA DA PERTURBAÇÃO em Aniversários, bares e botecos


Nesse mês temos o aniversário de dois perturbados muito queridos: Betão e Rôi. Ao mesmo tempo, temos uma notícia muito triste: o nosso querido Beto Bauer nos deixará desamparados em Brasília e retornará para o conforto do lar de sua família para perturbar toda a galera do sul-tchê! É claro que sabemos que ele não conseguirá sobreviver sem a nossa presença e voltará em pouco tempo. O melhor é que há mais de uma semana nós temos saído todas as noites porque o Betão vai embora "depois de amanhã" (ou dia de São Nunca, como preferirem). Mas vamos aos relatos:

No dia do aniversário do Betão, CANTAMOS PARABÉNS (o Helinho insiste em dizer que é BATEMOS PARABÉNS) e comemos bolo aqui em casa e depois fomos para o famoso BUTIQUIM. Nas fotos, Betão todo concentrado para conseguir cortar o bolo, uma vista artística da Cái (nunca antes vista) atrás de uma garrafa de cóica e um brinde ao MEU QUERIDO.



Mas o melhor da noite não foi fotografado porque acabou a bateria da meleca da máquina. Uma bandinha projeto de OLODUM só de mulheres chegou lá para promover o carnaval de uma marca de celulares e lá fomos nós, eu, Helinho e Rôi, dançar na frente da bandinha pra ver se conseguíamos tirar uma foto. MIIIIIIIIIIICOOOOO!!!! Nas fotos, ainda no Butiquim, Betão com más intenções de amigo-arroz, no hidrante amarelho com Helinho e aprendendo o que é um beijo artístico com Luíza Bünchen.



Já o aniversário da Rôi foi comemorado no Alexander - um barzinho mais estáile aqui em Brasília. Gente elegante (muuuitas "belezas"), música, vídeo-clips, mas um pouco apertado, burocrático e com a bebida cara. Nas fotos, a Rôi no bar, comigo e com a Cái, querendo dar uma de perturbada-charmosinha.



Na nossa mesa, a Themis roubou a cena, pra variar, contando as suas aventuras de ir para a própria colação de grau vestida de Dart Veider (é assim?). Detalhe: como de usual, ela falou bem baixinho e o bar inteiro ouviu - MIIIIIIICOOOOOO!!! Nas fotos, Rôi, Cái e amiga (não lembro o nome) competindo pra ver qual era a mais macha, Luíza, Grandão, Dany e Rôi e na última Rôi e Helinho (umas simpatias de pessoas).



Agora vamos para as pérolas da noite: Grandão e Dany com cara de "puxa, estou me divertindo adoidado", Themis brincando de carrinho (com o celular do Wil) e Betão enfiando a garrafa dentro do copo de cerveja (o que ele estava pensando eu não sei). A minha pergunta é: O QUE É QUE AS PESSOAS NÃO FAZEM PARA CHAMAR ATENÇÃO??? - MIIIIICOOOOOO!!!



P.S. Outras perturbados também estavam presentes: Wil, Dirã (e amiga-beleza), Tono, Marx, ... mas não deu pra colocar a foto de todo mundo por causa do tamanho do póste (ainda mais agora com as novas regras da Globo.com).

P.S. FINAL: Aê, galeira, estamos participando de uma competição no Blog do Maneiro.Como somos muuuuuito legais, não colocamos aquelas caixinhas chatas que aparecem quando você abre o blog implorando por votos, MAS AJUDEM A GENTE, PELAMÔRDEDEUSSSS!!!

Perturbado: RAFAEL PARENTE, sem nada melhor pra fazer às 8:51 AM
Mais Perturbação: